Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, novembro 05, 2009

Imperfeito

Eu gosto de poemas febris
De loucuras incontestáveis feitas em palavras
Eu gosto é de sentir a embriaguez do poeta em cada frase
Eu gosto das poesias que não rimam, que não fazem sentido, que não tem formato exato
Gosto do imperfeito se tornando perfeito pelo poeta remodelado
Gosto de a cada linha me perder em sentimentos incontestáveis
De entrar no universo do poeta e sentir o que ele sentiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente