Ocorreu um erro neste gadget

sábado, abril 24, 2010

Se meu mundo fosse azul.

Poderia nadar aqui o dia todo
Numa taça cheia d'água
Essa é a minha vida
Minha confiança de que não existe mais nada lá fora
Como seria mais fácil
Se o oceano fosse desse tamanho
Meu mundo, contornado em 20 segundos
Se essa água cristalina
Fosse tudo que eu pudesse possuir.
Mas daqui consigo ver
Existem pessoas me observando
Uma garota incerta, confusa
Escrevendo...
O que será que ela tanto escreve?
Por que fala comigo como se eu ouvisse?
Não entendo uma palavra do que ela diz.
Eu sei o que eu sou
E isso é tudo do mundo que posso conhecer.

terça-feira, abril 20, 2010

Dia.

O ontem já é tarde demais.
De manhã eu vejo seu rosto nas horas que não passam
Eu vivo pensando no dia que estou vivendo
Não me importo em ser repetitiva
Pouco me importa
Se essas linhas que escrevo rimam
Ou fazem algum sentido
Ou até mesmo tem o formato exato
De um poema.
Eu não conheço as palavras
Antes delas invadirem meu pensamento
e, por um instante, tornarem-se óbvias em minha mente.
E à tarde, as horas viram dias.
Acomodo-me a elas
me envolvo em leituras, em memória
Me envolvo em você por pensamento
Me torno tempo
me torno impossível.
E, pouco antes de dormir
Agradeço
a quem estiver ouvindo minhas orações
por mais um dia vivendo
pelas pessoas especiais
pelo dia de pessoas que nem me conhecem também
pelo mundo e pelas diversidades todas...
Amém.

terça-feira, abril 13, 2010

De repente.

E quando senti o seu beijo, pela primeira vez, percebi que não existia mais volta.
Talvez o universo estivesse todo conspirando a favor de nós... aquela tarde, por mais que estivesse me atrasado, você ainda estava me esperando... então eu pensei: isso tem que valer a pena. E como valeu. De repente era um vício, de repente era interminável, de repente o mundo ficava perfeito quando você estava por perto... e mesmo que várias coisas tentassem interferir, de repente surgiu uma confiança, um algo a mais. De repente tínhamos uma música. E tudo estava diferente, não existia passado... só o presente. De repente estava contando as horas para te ver de novo, e elas teimavam em não passar. E ainda jurava pra mim mesma que 'era só um beijo'. Só um dos melhores beijos... E quando eu dizia que não queria me entregar, eu já estava nos seus braços. E de repente estava amando você. De repente meu mundo ficou perfeito porque você me ama também. De repente não existem mais dúvidas, só existe desejo, saudade, carinho, afeto, amor.



"Mas se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo, e eu serei para ti única no mundo...".

quarta-feira, abril 07, 2010

Leva o vento do acaso
e traz no seu atraso
o meu sentido, o meu sim
traz de novo a tona aquela tarde
Em que tudo era diferente de hoje
E a garota apaixonada outra vez
Entrega seu coração a um rapaz
Porque ele apareceu quando tudo era sereno
Transformando a calmaria da solidão
Em explosão de felicidade e afeto.
E o coração que não sabia mais o que era amor
Pôs-se a bater devotamente quando você aparece
Pôs-se a precisar de você
Pôs-se a chamar seu nome...