Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, dezembro 31, 2009

formspring.me

2010? Are you ready??? (same question, yes, no criativity)...

Yes, I'm!! Let's do it...

Faz uma pergunta interessante tá??

formspring.me

Onde vc comprou o óculos da foto?

Praça da Matriz. Ray-ban. Orginal, veio até com adesivo e td.. husahsuahsuasha...

Faz uma pergunta interessante tá??

quarta-feira, dezembro 30, 2009

Are you ready for 2010?

Uma amiga que não conversava fazia um bom tempo me disse olá hoje. Isso faz você pensar que o ano que vem vindo vem cheio de surpresas.

Um ano incrível, Só esperando. Só esperando a meia noite de amanhã, para vir com tudo. Tantos planos para 2010... tantas esperanças. E toda aquela expectativa... e os desejos. Porque todo mundo olha pro futuro com uma boa premonição. Amor, fé, saúde, paz, energia, alegria, esperança, carinho, abraço, beijo, dinheiro, desejo, sonho, realidade.

Que esse ano seja repleto, pra todos nós, de experiências. Experiências que nos fazem aprender que tudo na vida a gente tem que conquistar.


Em 2010, conquiste o mundo... e ele será seu.


Boa sorte, boa luta, boa vida!

domingo, dezembro 27, 2009

Olha como a vida é engraçada. Você segue em frente, sem olhar pra trás, e sempre esquece alguma coisa no caminho. Mas se você volta pra buscar, acaba esquecendo de seguir. Então eu não vou recuar.

sábado, dezembro 26, 2009

Só um beijo...

Nada de sofrer por amor.

A auto-confiança é o único elemento que é importante, era só dele que eu precisava, de confiar em mim, de saber que não tem só você no mundo. Que eu posso ser o que eu precisar ser. Eu hoje tenho o potencial de acreditar em mim, de acreditar nos meus sonhos, nos meus objetivos. E eu não estou sozinha por tristeza, eu estou sozinha por opção. Eu tenho mais confiança em mim agora. Eu conheço os meus projetos, e não vou desviá-los mais por amor. Porque carência é o nome disso, não é amor. Não é amor o que eu sinto, é só falta de um beijo, de uma carícia nos cabelos, de arrepios no pescoço. Eu descobri que você não me faz falta... isso machuca, eu sei, mas é a verdade. Eu só precisava de alguém que me abraçasse, me beijasse e me confortasse. Eu só precisava de carinho.


Eu não preciso de você. Isso pode ser triste de dizer, mas é verdade. Eu não tenho sentimentos, eu estou vazia... meu coração não tem nem quer um dono, só precisa que lhe acariciem o ego algumas vezes, não sempre. Não precisa de orientação, cuidado. Só precisa de conforto. E é o que eu posso oferecer a ele.

segunda-feira, dezembro 21, 2009

Não me olhe com olhos de amante. Porque eu não sou capaz de amar mais. Não posso enfrentar o vazio, só posso te pedir pra me proteger do escuro. Só te peço que ilumine um rastro do caminho, uma pequena parte. Vem comigo até onde seus pés puderem.
Me dá a luz do teu sorriso só por um tempo... é só de luz que preciso, só de inspiração. Não precisa sentir o mesmo por mim, porque eu já nem sinto. Sentimento é só uma coisa que acontece com a convivência. Não estou pedindo por convivência, estou pedindo por impulso. Estou pedindo que deixe o impulso tomar conta do momento, e o resto... o resto é só tempo, tudo é tempo, sempre vai ser.

terça-feira, dezembro 15, 2009

Sou um poema interminado

Sou um poema interminado
Declamado, aclamado, contestado.
Uma palavra que cai diretamente
Na boca de todas as outras pessoas
Não venha dizer nada sobre mim
Eu já me olhei no espelho, já vi o teu reflexo
Não venha me julgar agora
Não me peça o que não posso oferecer
Não me espere...
Porque eu sou um poema interminado
Não sou aquilo que dizem
Eu sou o que está escrito
Sou a parte que ninguém escreveu também
a melhor parte, guardada para o melhor momento
Não importa que seja belo ou trágico
Importa é que tenha
Fim...

quarta-feira, dezembro 09, 2009

Deus faz uma criança sorrir para mim hoje, só para alegrar o meu dia.






às vezes acho que são anjos...





Sem tempo para amores impossíveis.

Se você for meu ponto fraco,
se eu for seu ponto forte...
se nós não formos nada,
além de pontos equidistantes?

E dentro dos meus olhos existe um brilho diferente agora, mas eu não quero, nem posso, confundir as coisas.
Não quero esperanças impossíveis,
não quero ser de ninguém.
Eu não tenho tempo para amores impossíveis.

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Algumas loucuras te levam a pensar que a perfeição é só um estado de espírito.

A música, o poema, o grito, o suspiro, a dor, o afeto, o cativar... tudo isso é tão humano, tão controlado, tão mortal.

Quero sentir algo diferente... o sentimento que prove que nada é por acaso, que as pessoas podem ser felizes, ser gratas umas as outras, que recompensas não trazem sustentação alguma.

Quero ser como você...

quinta-feira, dezembro 03, 2009

Confesso - Ana Carolina

Confesso, acordei achando tudo indiferente
Verdade, acabei sentindo cada dia igual
Quem sabe isso passa sendo eu tão inconstante
Quem sabe o amor tenha chegado ao final

Não vou dizer que tudo é banalidade
Ainda há surpresas
Mas eu sempre quero mais
É mesmo exagero ou vaidade
Eu não te dou sossego,
Eu não te deixo em paz

Não vou pedir a porta aberta
É como olhar pra trás
Não vou mentir
Nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo,
Eu já roubei demais

Tanta coisa foi acumulando em nossa vida
Eu fui sentindo falta de um vão pra me esconder
Aos poucos fui ficando mesmo sem saída
Perder o vazio é empobrecer
Não vou querer ser o dono da verdade
Também tenho saudade
Mas já são quatro e tal
Talvez eu passe um tempo longe da cidade
Quem sabe eu volte cedo
Ou não volte mais

Não vou pedir a porta aberta
É como olhar pra trás
Não vou mentir
Nem tudo que falei eu sou capaz
Não vou roubar teu tempo,
Eu já roubei demais

Um dia bom

O dia começou do jeito que eu gosto: frio, úmido.
E mesmo que possa esquentar à tarde, só de o tempo estar assim agora, já estou feliz.
Acordei feliz quando li o que você me escreveu. Uma palavra, que tem o poder de mudar o mundo, você me escreveu. E mesmo que agora eu esteja muito confusa, gosto de pensar em você. Gosto de sonhar acordada algumas vezes.

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Vamos dar uma pausa na depressão

Vamos dar uma pausa na depressão. Honestamente, até eu mesma já cansei dos meus problemas. Eu não quero ficar me sentindo na pior, quando eu posso ter agora tudo o que eu sempre desejei. Yay, vamos sair com os amigos. Vamos conversar, cantar.

Agora, sobre ontem: Vamos combinar que aquela periplaneta americana que veio pela janela ontem, tinha o tamanho de um mus musculus. E que o nojo saudável despertado por ela faz o maior sentido. É verdade também que aquela praça ontem estava cheia de indivíduos estranhos, e que distribuir camisinhas infelizmente é o método mais fácil do governo lavar suas mãos em relação à AIDS. Vamos combinar que shows no meio da tarde de bandas de fundo de quintal fazem o momento de sair do trabalho mais divertido. É claro que aquele sorvete de chocolate branco melhorou meu humor, também. E aprender banco de dados em lógica acabou acalmando meu stress e atiçando o do professor. Também há todas aquelas pessoas que ligaram no trabalho e eu não liguei muito para o problema delas. E também a pessoa do msn, que acabou deixando meus dias monótonos mais simples e conversar com essa pessoa acaba fazendo eu me sentir muito bem. E também há o melhor amigo B, que mesmo eu odiando muito, não consigo odiar o bastante, e acabo cantando com ele até as músicas acabarem.E o dia de hoje me parece com muito potencial... vamos ver se consigo pensar a mesma coisa daqui a algumas horas.

terça-feira, dezembro 01, 2009

A parte que não quero ser.

Não importa o quanto dure a noite,
O sol sempre vai voltar de manhã.
E sim, eu vou estar aqui
Não no lugar que você escolheu,
não no lugar que eu escolhi
Eu vou estar no lugar que a vida me deu.
E de lá observar cada passo, cada momento.
Porque há muito de mim que precisa descobrir mais de muitos outros lugares
Há muito de mim que precisa de você
Há muito de mim que não precisa de nada disso
Então agora eu vou ser a parte de mim que não quero ser.