Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, janeiro 18, 2010

Eu queria que cada verso
Cada linha, palavra, traço
Fosse um nada que formasse um tudo
Então juntei o Absurdo
com o Real
o Possível
ao Impossível
e não mais são coisas distintas
Hoje em dia são chamadas poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente