Ocorreu um erro neste gadget

domingo, junho 06, 2010

Se eu seguisse o otimismo de meus textos...

Você olha pro tempo e para toda a infinidade de pessoas que passaram em sua vida. Olhe de novo. Desde o médico que te fez chorar pela primeira vez até sua mais atual desilusão. Lembre de todas aquelas pessoas que um dia, mesmo que não quisessem, te magoaram. Tente se lembrar de quantas noites você passou em claro pensando e repensando as causas, os motivos. Tente lembrar o que foi que mudou. Os velhos amigos que simplesmente tomaram rumos opostos, as pessoas das quais você esperava demais, as roupas que não te servem mais, as flores que murcharam, as promessas que não vingaram. As apostas que você perdeu. E as provas em que você se deu mal. Todos os quilos a mais (ou a menos). A cólera. A angústia.

Tente se lembrar dos bons conselhos dos seus pais, lembre-se que eles também não são eternos. São como os bons cantores que ressoam sua melodia pra sempre em nossos corações.

A vida é aquilo e pronto. Ou é cedo, ou é tarde demais. Parar é inaceitável. Desistir é para os fracos. Não seja a platéia. Não viva a vida de outra pessoa. Não decore as falas. Improvise. Recomece. Repense. Reavalie. Mas não pare. Muitas pessoas param. Muitas pessoas simplesmente preferem viver a vida das outras. Muitas se escondem de problemas que acham tão grandes, desejando o que as outras tem.

As pessoas que realmente tem problemas nunca desistem. Elas sabem que a vida não dará o que elas precisam se elas não batalharem por isso.

As pessoas que sofrem são as pessoas rabugentas. Ou você finge que vive, ou você se entrega. E então pare pra pensar: quem é mais feliz? Quem vive de instantâneo? O prazer momentâneo? Aquele que não cultiva amigos, e sim contatos. Aquele que passa horas enfurnado no trabalho. Aquele que passa horas só pensando em como a vida poderia ser. Ou será aquele senhor de idade olhando para trás e podendo sorrir, aquele que foi além de suas metas, aquele que podia contar com bons amigos, aquele que amou alguém.

Cultive as coisas boas. Dane-se, dane-se se alguém já partiu seu coração, se alguém lhe traiu a confiança, se você já perdeu a fé na humanidade. Dane-se se tudo não passa de pura mentira... viva-a com a intensidade de uma verdade, e ela será libertadora mesmo sendo uma ilusão.

Um comentário:

  1. Flávia, vc é minha melhor amiga! Mesmo furando compromissos.

    ResponderExcluir

Comente